FAUBAI participa da Conferência IEASA 2019

A Presidente da FAUBAI, Maria Leonor Alves Maia, esteve presente na Conferência IEASA 2019, realizada pela Associação de Educação Internacional da África do Sul em Somerset West, na África do Sul, de 21 a 23 de agosto. Nesta edição, o evento teve como tema “A Internacionalização da Educação Superior no contexto da 4ª Revolução Industrial: Inovação, Diversidade, Desigualdade e Inclusão”.

A presidente teve a oportunidade de participar de duas plenárias do evento, junto com os dirigentes de outras Associações de Educação Internacional: Esther Brimmer, Diretora Executiva e CEO da Associação de Educadores Internacionais (NAFSA); Mirian Carballo, representante da Rede de Cooperação Internacional de Universidades Nacionais da Argentina (RedCIUN); Phil Honeywood, CEO da Associação de Educação Internacional da Austrália (IEAA); Maxim Khomyakov, Diretor da HSE University, da Rússia; Michelle Stewart, Vice-presidente da Associação Europeia de Educação Internacional (EAIE); e Giorgio Marioni, representante sênior da Associação Internacional de Universidades (IAU).

O tema “Observações sobre o impacto da 4ª Revolução Industrial na Educação Superior em diferentes regiões”, debatido em uma das plenárias, levantou discussões sobre como, quando, de que formas, de que modo, e em benefício de quem a 4ª revolução industrial vai afetar o mundo. A tecnologia está modificando todos os aspectos da vida humana e altera os padrões de produção e consumo ao redor do mundo ao conectar cada vez mais pessoas ao mercado global, e também ao excluir pessoas deste processo.

“A quarta revolução industrial tem o potencial de provocar mudanças profundas no funcionamento das Instituições de Ensino Superior e nas práticas pedagógicas, e isso precisa ser visto com cuidado. Precisamos saber a direção dessa mudança e discutir políticas públicas que encorajem práticas inovadoras e aprimorem o bem estar social das populações, especialmente em países com grandes disparidades sociais, como o Brasil. Devemos descobrir como tirar vantagem do avanço tecnológico para investir em capital humano e aprimorar o compromisso e a responsabilidade social dos estudantes”, pondera Maria Leonor.

Na plenária intitulada “Café Global: Líderes de associações internacionais compartilham o que está acontecendo atualmente em suas associações e regiões em um carrossel interativo”, os líderes de cada associação foram convidados a sentar-se em mesas para aprofundar o que foi discutido na plenária anterior. Os temas de maior interesse identificados pela presidente nos questionamentos recebidos foram: o funcionamento do sistema de cotas no Brasil, a suspensão de recursos das universidades pelo Ministério da Educação e a proposta do projeto Future-se.

A professora Maria Leonor participou ainda de uma sessão paralela junto com Lavern Samuels, Diretor de Educação Internacional e Parcerias da IEASA, sobre “A ponte que o projeto COIL estabelece entre o Brasil e a África do Sul”, no qual explicou as bases para a introdução do BRAVE – Brazilian Virtual Exchange Programme, e da iniciativa da FAUBAI em fomentar essa discussão com seus associados, patrocinando encontros de capacitação e realizando workshops sobre o tema em suas três últimas conferências. A presidente ressaltou a importância do tema como um componente da internacionalização em casa e o significado que pode ter para todos aqueles estudantes que, por diversas razões, não tem a possibilidade de sair de suas instituições de origem para desfrutar de uma experiência internacional. Ela comentou ainda sobre três instituições associadas à FAUBAI que estão engajadas nesse projeto (Unesp, UFPE e Centro Paula Souza – FATEC), cujas experiências iniciais foram compartilhadas na Faubai, em Belém, em 2019.